Thor (Fanático do Drosa)

Ah… O Thor. Conheci-o e sua dona em uma hipica que trabalhei. O que me chamou a atenção nele era que ele não podia fazer aula com os outros cavalos na pista e que ele nunca pegava uma linha reta! Vivia em círculos e sempre nervoso!

Workshop equestre

– Fanático do Drosa

– Puro Sangue Lusitano (PSL)

– Nascimento 10/10/2009

– Filiação : Dado II x Xanadu dos Diamantes

– Tordilho

Sempre observei os treinos dele e sempre achava que eu poderia ajudá-lo, mas como era aluno de outro instrutor ficava na minha. Até que um dia me pediram para galopá-lo para um certo lado que estavam tendo dificuldades, ai foi minha deixa. Aceitei e subi, senti que era um cavalo “nervoso”, mas de medo. Passei uns 10 minutos acalmando para poder em fim fazer o que haviam me pedido, quando ele relaxou ficou tudo mais fácil. Também tinha visto que ele nunca ficava com as rédeas soltas, então neste dia aproveitei para fazer isso também.

Após este dia, cada vez mais eles vinham treinar comigo, mas mesmo assim sempre em círculos e ele tinha muito medo de varas. Eu não conseguia acreditar, até que algumas vezes eu pedia para que eles tentassem entrar no treino pista toda com os outros, mas logo o Thor dava a louca e saia correndo!

Nesta hipica que trabalhei não tive muito tempo para ter contato com eles, mas ao mudar sua dona resolveu vir comigo para minha nova hipica e ai acabei conhecendo-os melhor.  Vi que ele tinha medo de quase tudo, para sair na rua era como se fosse uma corrida. Passamos então o primeiro mês fazendo apenas cavalgadas na estrada, para que ele se acostumasse com o movimento e visse como os outros cavalos reagiam. Não demorou muito e ele começou a relaxar, andar mais devagar, parar de se desesperar e sua dona finalmente conseguia andar de rédeas soltas (as vezes até sem as mãos, rs..).

Chegou a hora da pista, afinal não era possível ficar fazendo círculos a vida toda, mas para a nossa surpresa ele foi em linha reta! Fizemos uns alguns treinos que acalmá-lo e ensiná-lo a ir um pouco mais devagar, mas nada que com um pouco de paciência e calma não resolva.

Aos poucos fui percebendo que o que ele precisava era apenas de paciência, de certo devia ter apanhado bastante até conhecer sua dona e não havia tido experiências muito agradáveis até então!

 

 

Hoje o Thor é um animal totalmente diferente de quando o conheci, não dispara mais, anda em linha reta, faz caminhadas longas e tranqüilas. Ainda tem alguns traumas ali e aqui, é um animal muito inteligente, então se algo o desagrada, ele logo tenta evitar e demoramos um pouquinho para lhe provar o contrario rs…

Mas, fico muito feliz em ver que desde quando veio para treinar comigo ganhou peso, esta mais bonito, não tem mais um olhar de medo, interage com os outros animais e parece muito mais feliz!!!

Vou deixar aqui as palavras de sua dona:

“ Estou muito feliz com o trabalho que a Thaty esta realizando com o Thor! Ela me ensinou a entender os sinais do cavalos, assim aprendi como lidar com ele.

Hoje, ele é um novo animal, com mais calma, mais amoroso e que gosta de treinar e cavalgar, melhorou no salto, antes ele saltava para cima e hoje salta para frente, como um cavalo deve saltar.

As vezes brinco que é como se eu tivesse comprado um novo cavalo rsrs…”  Manu.

Workshop equestre
Spur