Qual a idade para começar a montar? Não sou muito velho para isso?

Todos os dias recebo vários e-mails, mas estas são as perguntas mais freqüentes! Cavalos são para qualquer idade, o que muda é como será o treinamento para cada idade!

 

Começando pelas crianças, tenho uma filha que hoje tem 5 anos. Ela começou a ter contato com o cavalo desde o momento em que ficou sentada sozinha e com isso fui entendendo as etapas das crianças pequenas.

Até 1 ano, eles gostam de “voltas” curtas, não passa de 5 a 10 minutos em cima do cavalo.

 

 

 

Com 1 ano, piora um pouco, são curiosos estão descobrindo tudo e ficar no cavalo não é o que procuram.

 

 

 

 

 

Já com 2 anos vem aquela vontade de fazer como os outros, mas também não dura muito, ainda não tem concentração e se perdem com facilidade.  

 

 

 

 

Aos 3 o tempo no cavalo aumenta, mas tem que ser algo lúdico, que aprendam brincando e não uma aula do que deve ou não fazer.

 

 

 

A partir dos 4 anos já estão se concentrando melhor e já da para introduzir alguns conceitos,  alguma coisa, a aula não chega a 1h, mas já tem um aproveitamento bom.

 

 

Com 5 anos já estão mais independentes, conseguem acompanhar  aulas de crianças mais velhas, só que com algumas pausas maiores.

A partir dos 6, já entra em ritmo normal, respeitando o tamanho das crianças e dos cavalos.

Agora os adultos, recebo e-mail de pessoas na faixa dos 30 anos achando que já estão velhos para começar a montar! Para começar não tem idade, conheço casos de pessoas que começaram com 60 anos. Se você procurar por ai vai encontrar atletas olímpicos com mais de 70 anos e pessoas comuns com mais de 80 que vivem dos cavalos. A única diferença é o tempo de aprendizado e a adaptação física.

Depois dos 30 anos, demoramos um pouco mais para conseguir pegar os movimentos do hipismo e para que nosso corpo consiga entender a musculatura usada para o mesmo. Mas nada que assuste, a maioria dos meus alunos tem mais de 30 anos e quando pegam o jeito não querem largar mais.

O único cuidado que temos ter é após os 50 anos, tudo dói mais, ou seja é necessário no começo pegar mais leve para que o corpo não reclame muito pelo acréscimo de atividades não comuns.

Mas pensando no hipismo como um todo é um dos únicos esportes no qual não temos imposição de limitações físicas ou de idade, impeditivo em outros esportes, para que você possa aproveitar e até competir. Se você pegar provas de categorias de base, você vai encontrar crianças de 6 anos competindo contra adultos de 60 anos  e todos em pé de igualdade.

Workshop equestreAryBotasSpurThaty Vidal